Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PDV News - Ponto de Venda com Ponto de Vista | 24 Sep, 2020

Scroll to top

Top

0

Vendas dos supermercados crescem 3,68% - PDV News


Vendas dos supermercados crescem 3,68%





As vendas reais do setor supermercadista em janeiro de 2011 cresceram 3,68%, em relação a janeiro de 2010, de acordo com o Índice Nacional de Vendas, divulgado mensalmente pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em comparação a dezembro de 2010, houve uma queda real de -21,15%. Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA do IBGE. 


Em valores nominais, o Índice de Vendas da Abras apresentou crescimento de 9,89% em relação ao mesmo mês do ano anterior e queda de -20,49% sobre o mês anterior. “O setor supermercadista mantém a curva de crescimento em relação ao ano anterior, e isso deve continuar, pois ainda há espaço para o consumo, especialmente da recente classe C, oriunda da classe D, que deve ter consolidado seu poder de compra. A queda de 21,15% em relação a dezembro é considerada normal. Por ocasião das festas de final de ano, dezembro é o mês mais forte em vendas para o setor.


É importante lembrar que também em janeiro os gastos familiares sobem com pagamento de impostos, despesas escolares, fazendo com que as famílias apertem o cinto nas compras”, avalia o presidente da Abras, Sussumu Honda. AbrasMercado Em janeiro, o AbrasMercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK, apresentou queda de 1,0%, em relação a dezembro de 2010. Já na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o AbrasMercado apresentou alta de 15,21%, passando de R$ 263,84 para R$ 303,97. 


O índice IPCA/IBGE apresentou alta de +0,83%. Os valores foram os seguintes: 
– R$ 300,47 em Novembro (alta de +4,8% em relação a Outubro)
– R$ 307,04 em Dezembro (alta de +2,19% em relação a Novembro)
– R$ 303,97 em Janeiro (queda de -1,0% em relação a Dezembro)
A região Norte mantém a posição da Cesta Abrasmercado mais cara do país (R$343,71); a segunda posição continua com a região Sul (R$330,26), a única que teve aumento no mês de estudo.

Comentar