Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PDV News - Ponto de Venda com Ponto de Vista | 29 Oct, 2020

Scroll to top

Top

0

Shopping do Porto movimenta mercado popular e abre espaço para as empresas - PDV News


Shopping do Porto movimenta mercado popular e abre espaço para as empresas





Projetado para ser o maior centro popular de compras da América Latina, o Shopping do Porto está localizado no centro da capital gaúcha como espaço de investimento para as empresas que desejam se instalar no borbulho da região até a copa de 2014. A estrutura, inaugurada em fevereiro de 2009, já recebe um público de 30 a 40 mil pessoas por dia.

São 15 PDVs ainda disponíveis para locação voltadas para o comércio. De acordo com Alexandre Arruda, Gerente de Locações da Auxiliadora Predial – imobiliária que administra os contratos – o objetivo é agregar serviços aos visitantes e ao comércio fixo que trabalha dentro do shopping e que reúne duas mil pessoas, a exemplo de restaurantes, bancos e casas lotéricas. “Assumimos os contratos de locações das lojas. Vamos trazer grandes bandeiras para cá”, comenta Arruda.

Os espaços comerciais estão sendo oferecidos pela Auxiliadora Predial, ao investidor em áreas de 12m² a 75m², em valores de aluguéis que variam de R$ 1.200 a R$ 8 mil. “A região do Centro tem poucos imóveis para locação comercial e um volume incomensurável de negócios. Essa é uma opção para as empresas, com espaços generosos e excelente localização”, completa Alexandre Arruda.

Os 800 PDVs do shopping têm segurança 24 horas e recebem o público das 8h às 20h de segunda-feira a sábado. A infraestrutura comporta mais de 210 veículos no estacionamento localizado acima dos terminais de ônibus, próximo ao Mercado Público.

Está em andamento uma obra que agregará valor aos negócios do Shopping do Porto. É a união do centro de compras com o Cais do Porto por meio de uma passarela que integra o Plano Diretor da cidade e as obras de revitalização desse cartão postal de Porto Alegre. Com o término previsto ainda para antes da Copa do Mundo de 2014, a construção, na avaliação de Alexandre Arruda, ganhará estimado destaque no mercado de consumo da indústria popular em nível nacional.

Comentar