Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PDV News - Ponto de Venda com Ponto de Vista | 25 Oct, 2020

Scroll to top

Top

0

Pesquisa AMPRO-Ibope traz raio x do setor promocional - PDV News






A Associação de Marketing Promocional (AMPRO) acaba de divulgar os resultados da Pesquisa AMPRO-Ibope 2011, com informações sobre a movimentação do setor promocional brasileiro. O levantamento, feito em parceria com o Ibope Solution e coordenado pelo VP Executivo da AMPRO, Auli De Vitto, consultou profissionais decisores de 85 empresas que contratam serviços de marketing promocional, em quatro regiões brasileiras – sudeste, sul, nordeste e centro-oeste -, durante o período entre os dias 04 de abril e 03 de junho deste ano. 


Entre o perfil das empresas entrevistadas, 55% pertencem ao segmento industrial, sendo 21% de alimentos e bebidas e os demais divididos entre entretenimento; farmacêutica; cosméticos e perfumaria; papel, celulose e derivados; química; construção; automobilística e outras. E 45% em serviços, sendo 12% pertencentes ao comércio varejista e demais divididos entre instituições financeiras, internet, transportes, serviços médicos, serviços públicos, instituições de ensino, Telecom, entre outros. A maior parte das empresas consultadas pertence à região sudeste (79%). 


A média de tempo de casa dos executivos entrevistados foi de 6 anos, a maioria (45%) com mais de 40 anos de idade, ocupando cargos especialmente de gerência ou diretoria em Marketing, Comunicação/Publicidade e Eventos. 


Cenário 
O marketing promocional tem se tornado uma ferramenta cada vez mais importante nas empresas. Entre os resultados observados, o estudo revelou crescimento no planejamento das ações – 82% responderam que há um planejamento prévio para ações de marketing promocional, dado 9% maior que o observado em 2009. 


Quanto à verba empregada, as respostas mostraram continuidade na tendência de crescimento para 68% das empresas, com média de 16% de aumento dos recursos destinados a ações promocionais. “Este dado vai de acordo com as expectativas da AMPRO, prevíamos um crescimento médio de 15% este ano e as respostas mostram o quanto o mercado continua evoluindo.”, observa o presidente da AMPRO, Guilherme de Almeida Prado. 


A satisfação também aumentou – 61% dos executivos demonstraram que estão satisfeitos ou muito satisfeitos com as agências de promo com as quais costumam trabalhar. 


Mais promoção que publicidade 
A ações promocionais ganharam mais credibilidade quando comparadas às ações de publicidade. Para 41% dos entrevistados, as campanhas promocionais tem sido mais criativas que as de propaganda, um crescimento de 9% em relação às respostas da última pesquisa AMPRO-Ibope. “A percepção das empresas foi que o marketing promocional oferece recursos diferenciados que contribuem para a criatividade nas ações.”, complementa De Vitto. 


Para 53% das companhias, a divisão de verba também está pesando mais para o lado da promoção, com crescimento de 7% em comparação aos resultados para a mesma questão observados em 2009.


Sustentabilidade 
Uma das informações novas trazidas pela terceira edição da pesquisa AMPRO-Ibope foi a intenção das empresas em investir em ações mais sustentáveis. 83% delas pretendem destinar mais recursos para a sustentabilidade em todas ou algumas ações promocionais nos próximos meses. “Esta informação traz uma excelente oportunidade para as agências. Aquelas que se diferenciarem e souberem mostrar o caminho para ações mais sustentáveis, vão se destacar.”, afirma Guilherme Prado.


Região Nordeste
Em virtude do crescimento observado na economia do Nordeste, outra novidade da pesquisa foi ter buscado a percepção das empresas com relação às ações promocionais naquela região. Para 76% dos entrevistados, as ações de marketing promocional tendem a ser mais implementadas por agências locais, o que evidencia um cenário propício para investimentos no setor, localmente. 


Redes Sociais 
Os resultados demonstraram ainda o crescimento nos investimentos das empresas em mídias sociais e mostram a importância destes canais para as ações promocionais. 73% das empresas consultadas já investem em divulgação em redes sociais e, destes 73%, 82% pretende aumentar em média 42% o investimento.


Foi observado ainda que, dos 27% que não investem nesse tipo de divulgação, 57% pretende investir em canais como o Orkut, Facebook, Twitter, entre outros.


Classe C e mídias digitais 
O aumento no poder de consumo da Classe C tem levado as empresas a investirem em ações e produtos voltados para este público. Além disso, na percepção dos executivos entrevistados (68%), esse nicho da população já tem condições suficientes de ser atingido também com recursos do marketing digital e entendem que vale a pena investir em ações com esta finalidade. 


Os dados mostraram ainda que, para 55% das empresas consultadas, a promoção é o melhor instrumento para atingir as classes C, D e E.


Tendências 
Das várias ações de marketing promocional listadas na pesquisa, as respostas mostraram um crescimento de 48% da preferência para as ações que envolvem marketing digital nos próximos anos. Foram 78% contra 30% em 2009. Na sequência, predominam as ações no ponto de venda, com preferência de 59% das empresas (crescimento de 3% em relação à última edição da pesquisa); atividades de marketing de incentivo, com 49% (crescimento de 3%); eventos, com 47% (crescimento de 14%) e promoções com distribuição de brindes, também com 47% (crescimento de 28%).

Tags

Comentar