Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PDV News - Ponto de Venda com Ponto de Vista | 01 Apr, 2020

Scroll to top

Top

0

Häagen-Dazs - PDV News

Häagen-Dazs



Depois do surgimento da marca HÄAGEN-DAZS, tomar um simples sorvete se tornou algo nobre, um enorme prazer. Muito mais que sabores exclusivos e exóticos, o hábito de tomar HÄAGEN-DAZS é saborear uma grife com exclusividade. Como diz o slogan brasileiro “Todo mundo se derrete por ele”.

A história
A origem do sorvete HÄAGEN-DAZS começou em 1920, quando Reuben Mattus, um jovem empreendedor polaco dotado de paixão e visão na criação de sorvetes finos, trabalhava na empresa de sua mãe vendendo sorvetes de palitos de frutas em uma carroça nas ruas do bairro do Bronx, na cidade de Nova York. Para vender os melhores sorvetes de frutas, ele insistia na utilização dos melhores ingredientes disponíveis no mercado. A empresa da família, chamada Senator Frozen Products, prosperou durante três décadas, quando em 1961, Mattus e sua mulher, Rose, resolveram abrir seu próprio negócio no setor de sorvetes, em virtude da decepção com qualidade dos sorvetes servidos devido à adição de estabilizantes, aditivos, preservativos e quantidades excessivas de ar para aumentar o volume. Os sorvetes de extraordinária qualidade, tendo como matéria-prima o creme de leite fresco, frutas e ingredientes naturais, com um composto de comunicação – marca/design/embalagens/geladeiras – simplesmente irresistível, seria difundido voluntária e espontaneamente pelas pessoas que tivessem o privilégio de experimentá-lo. Nomeou sua marca como HÄAGEN-DAZS, palavra que soava como se fosse dinamarquesa ou holandesa, pois naquela época outras marcas de sorvetes do mercado americano utilizavam nomes escandinavos ou alemães. O nome memorável pela dificuldade de se pronunciá-lo e guardá-lo, deixou as pessoas imaginando, discutindo e até mesmo criando histórias sobre suas origens. Era uma publicidade e tanto sem fazer esforço.


A marca iniciou suas vendas apenas com três sabores: vanilla (baunilha), chocolate e café. Reuben Mattus e sua paixão por qualidade fizeram com que seus sorvetes tivessem um sabor único. Os sorvetes eram feitos com chocolates vindos da Bélgica, café da Colômbia, enquanto a baunilha era importada da ilha de Madagascar. Inicialmente seus produtos eram encontrados somente nos cafés e gourmet da cidade de Nova York, mas não demorou muito para uma rede de distribuição ser implantada, fazendo os sorvestes chegarem à costa leste do país. Em 1973, o sorvete HÄAGEN-DAZS já era conhecido em todo os Estados Unidos. Em 1976, Doris, filha de Mattus, abriu a primeira loja sob a marca HÄAGEN-DAZS. Foi um sucesso imediato e a popularidade levou a rápida expansão das lojas por todo país.


A partir de 1982 a marca começou a sua expansão internacional, ingressando no mercado japonês, que não tardou muito para se transformar no maior mercado da marca. Com a venda da empresa, em 1983, para a Pillsbury Company por US$ 70 milhões, que se comprometeu a manter a alta qualidade do produto, a marca se tornou um fenômeno global, ingressando nos mercados inglês, alemão e francês em 1987. A primeira e única fábrica fora dos Estados Unidos foi inaugurada em 1993 ao norte da França. HÄAGEN-DAZS virou sinônimo de excelência, produzindo sabores distintos como o Vanilla Swiss Almond (baunilha com amêndoas), Butter Pecan, Dulce de Leche (doce de leite), Macadamia, Cookies and Cream (sorvete de baunilha com pedaços de cookies de chocolate), Strawberry Cheesecake, entre muitos outros.


Comentar