Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PDV News - Ponto de Venda com Ponto de Vista | 27 Jan, 2022

Scroll to top

Top

AboutRenato Santhinon, Autor em PDV News - Página 882 de 882

Renato Santhinon

Renato Santhinon

Renato Santinon é Publicitário, Professor e Palestrante, criador do Curso de Criação e Performance usando técnicas de Trade Marketing e Merchandising no Ponto de Venda. Especialista em estratégia Comercial voltada ao Varejo Online e Fisico, desenvolvimento de marketing plane para Start-ups, novos produtos e internacionalização de negócios entre Europa e América Latina. Com mais de 20 anos de experiência no segmento, já participou de cases de sucesso com empresas renomadas do mercado como Matte Leão, Bianchi Vending, Coca Cola, Pepsico, Ambev, Nestlé, Ambev, JBS Friboi, Grupo Pão de Açucar, Mars Brasil, Farmina Pet Foods Italia, Molino Denti Parma, XFS Group, entre muitos outros. CEO MDM Brasil Group +39 3425098713 renatosantinon@me.com

Posts By Renato Santhinon

Brands: Slogans Brasileiros

8 de setembro de 2005 |

Slogans geralmente refletem o conceito de uma marca, mas muitas vezes deixam marcas em um conceito. Os slogans cumprem importante papel para a fixação da imagem da marca. Originariamente a palavra slogan vem do gaélico, língua falada pelo povo celta, e significava “grito de guerra”. Muitos se tornam ícones de uma marca. Grandes slogans são feitos por grandes publicitários, mas nem sempre para grandes marcas.

AEROFON – Acerte na mosca.
ÁGUA SÃO LOURENÇO – A água da boa mesa.
AIR FRANCE – Fazendo do céu o melhor lugar da terra.
AJAX – Limpa como um furacão branco.
ALBANY (sabonete) – Para Quem é Diferentemente Lindo.
ALL STAR – O tênis de todas as estrelas.
ALMADÉM – Almadém, vinho que tem alma até no nome.
ALWAYS – A proteção que mexe com você.
AMERICA ONLINE (AOL) – Fazendo a Internet mais fácil.
AMERICA ONLINE (AOL) – A internet mais fácil.
AMERICAN AIRLINES – Algo de especial no ar.
AMERICAN EXPRESS – Não saia de casa sem ele.
AMERICAN EXPRESS – Você reconhecido.
AMERICAN EXPRESS – Ser um associado tem seus privilégios. (Standard)
AMERICANAS.COM – As Lojas Americanas na sua Casa.
ANIMAL PLANET – Isso pega!

APPLE – Pense diferente.
AQUARIUS FRESH – Seu corpo faz festa com Aquarius Fresh. (2007)
ARNO – Você Imagina, Clic, a Arno Faz.
ARTEX – Viver com arte. (Dpz)
ASSOLAN – O Fenômeno que não pára de crescer.
AVON – A gente conversa, a gente se entende.
AXE – A primeira impressão é a que fica.
AXN – Desafia o perigo!

AXN – A vida é uma aventura.

BADEN BADEN (Cerveja) – Cerveja feita à mão.
BAMBA – É cor. É Brasil. É Bamba no pé.

BAMERINDUS – O tempo passa, o tempo voa e a poupança Bamerindus continua numa boa.
BAMERINDUS – Uma força pro seu dinheiro.
BAMERINDUS – O banco da nossa terra.
BAND-AID – Cura 2 vezes mais rápido.
BAND NEWS FM – Em 20 minutos, tudo pode mudar.

BANCO DO BRASIL – O tempo todo com você.
BANCO DO BRASIL (internet banking) – O banco do seu bolso. (2006)
BANCO DO BRASIL – Todo seu. (2007)
BANCO REAL – O banco da sua vida.
BANCO REAL – Fazendo mais que o possível.
BANCO REAL – O banco que faz mais por seus clientes. (almap)
BANCO SAFRA – Tradição Secular de Segurança.
BANK BOSTON – Simplesmente Primeira Classe.
BARDHAL – Tudo anda bem com Bardhal.
BARILLA – Onde tem Barilla, tem Itália.
BATAVO – Produtos puros de origem.
BATAVO – De bem com você. (2007)
BATOM – Compre batom, seu filho merece batom.
BAUDUCCO – Da família Bauducco para sua família.
BAUDUCCO (Maxi Goiabinha) – 90 calorias com gostinho de 900.
BAUDUCCO (Panettone) – O mais panettone dos panettones.
BAYER – Se é Bayer é bom. (1922)
BECEL – A maneira mais gostosa de controlar o colesterol. (Lintas)

BIC – BIC, é assim que se escreve.
BIG SUPERMERCADOS – Campeão de preços baixos.
BIS – Quem pede um pede Bis.
BLACK & DECKER (ferro) – A fera de passar.
BLISS – A bebida saudável. (DPZ)
BLOCKBUSTER – Hoje é dia de sofá.
BMW – Puro Prazer de Dirigir.
BNDES – O Banco do Desenvolvimento.
BOB’S – Gostoso como eu gosto.
BOB`S – Gostoso é no Bob`s.
BOEING – Tornando o mundo menor.
BOHEMIA – Há 150 anos o mesmo prazer.
BOHEMIA – O mesmo prazer desde 1853.
BOHEMIA – A primeira e melhor cerveja do Brasil.
BOLACHA NEGRESCO – Justifica Tudo.
BOMBRIL – Tem 1001 Utilidades.
BOOMERANG – Sua infância está de volta.
BOSCH – Tecnologia para a vida.
BRADESCO – Colocando Você Sempre à Frente.
BRADESCO – Completo. (2005)
BRADESCO – Sempre à frente.
BRADESCO – Quem tem, tem mais.
BRAHMA – Refresca Até Pensamento. (1999, F/Nazca)
BRAHMA – A número 1. (1991)
BRAHMA – Brahma – O Brasil conquistando o mundo.
BRAHMA LIGHT – Calorias de Menos. Gostosa Demais.
BRAHMA (Chopp) – Se o bar é bom o chopp é Brahma.
BRASTEMP – Não Tem Comparação.
BRASTEMP – Não é nenhuma Brastemp.
BRASTEMP – Seja Autêntico.
BRITISH AIRWAYS – A companhia aérea favorita do mundo.
BUNGE – Do campo à sua mesa.
BURGER KING – A Gente Faz do Seu Jeito.

C&A – Abuse e Use C&A.
C&A – O poder da moda.
C&A – Tá na moda. Tá na mão, tá na C&A.
C&A – Prazer em conhecer.
CAFÉ DO PONTO – Paixão por café.
CAFÉ DO PONTO – O ponto alto em café.
CAFÉ PILÃO – O café forte do Brasil.
CAFÉ SELETO – O gostinho da vida.
CAIXA – Para Você. Para todos os Brasileiros.
CAIXA – Vem para Caixa você também, vem!
CAIXA – Quem poupa na caixa, não se assusta com nada.
CALOI – Não esqueça minha Caloi.
CALOI – Movimentando a vida.
CAMEL – O sabor de uma nova aventura.
CAMPARI – Só ele é assim.
CARBONELL – O azeite do seu coração.
CAREFREE – Sensação de frescor o dia todo, todos os dias.
CARLTON – Um raro prazer. (DPZ)
CARREFOUR – É lá que a gente vai encontrar. (2004)
CARREFOUR – Sempre o menor preço.
CAREFREE – Sensação de frescor o dia todo, todos os dias.
CAREFREE – Sita o bem-estar de ser mulher.
CAREFREE – Porque é bom ser mulher todos os dias. (Y&R)
CASAS BAHIA – Dedicação Total a Você.
CASAS BAHIA – Quer pagar quanto?
CASAS PERNAMBUCANAS – Tudo para sua casa.
CASAS PERNAMBUCANAS – Da nossa casa para sua casa.
CASTOR – Um sonho de colchão.
CASTROL – Quem mais entende de óleo no mundo. (DPZ)
CENTRUM – Completo de A à Zinco.
CEPACOL – Boca Saudável, Hálito Puro.
CEPACOL – Cepacol, o Bond Boca.
CEPACOL – Contra os inimigos da boca.
CERAS DOMINÓ – Pise sem dó que a cera é Dominó.
CERVEJA ANTARCTICA – Boa! Só se for Antarctica.
CERVEJA ANTARCTICA – Antarctica, a cerveja da Boa.
CERVEJA CARACU – Para quem tem um fraco por cerveja forte. (Standard)
CERVEJA ITAIPIVA – A pura cerveja de Petrópolis.
CERVEJA ITAIPIVA – Não tem comparação.
CERVEJA MALT 90 – O prazer de ser bem feito. (Standard)
CERVEJA NOVA SCHIN – Experimenta! Expermenta!
CERVEJA NOVA SCHIN – Ou seja: cerveja. (2007)
CERVEJA SOL – Nem fraca nem forte. No ponto. (2006)
CERVEJA SOL – A cerveja no ponto.
CERVEJA XINGU – Tudo menos o óbvio.
CHAMBINHO – Chambinho vale uma declaração de amor.
CHAMBINHO – O queijinho do coração.
CHANDELLE – Quem experimenta não troca por nada. (Dpz)
CHANDON – A Vida Borbulha Com Chandon.
CHEVROLET – Conte Comigo.
CHEVROLET – Andando na Frente.
CHEVROLET – Tecnologia a serviço do homem. (DPZ)
CHEVROLET PRISMA – Seu primeiro grande carro.

CHICLETES ADAMS – Caixinhas de emoções. (J. W. Thompson)
CHILLI BEANS – Para todas as espécies.
CHILLI BEANS – Sua vida pede muitos.
CHINELOS RIDER – Dê férias para seus pés. Use Rider.
CHOPP BRAHMA – Se o bar é bom o chopp é Brahma.
CHRYSLER – Inspiração de série.
CHRYSLER PT CRUISER – Nasceu para ser diferente.
CICA – Se a marca é Cica, bons produtos indica.
CIGARRO CAPRI – Definitivamente fino. (DPZ)
CIGARRO CONTINENTAL – Preferência nacional. ( DPZ)
CIGARRO CHANCELLER – O fino que satisfaz.
CIGARRO CHARM – O importante é ter Charm.
CIGARRO DERBY – O sabor que conquistou o Brasil. (1993)
CIGARRO GALAXY – A decisão inteligente.
CIGARRO HOLLYWOOD – O Sucesso. (MPM)
CIGARRO MINISTER – Para quem sabe o que quer.
CIGARRO PLAZA – Uma classe a mais.
CIGARRO VILA RICA – Leve vantagem em tudo. Leve Vila Rica.
CINEMARK – É mais que cinema. É Cinemark.
CINEMARK – Sempre a melhor diversão.

CITIBANK – Só o melhor para você.
CITIBANK – O banco que tem orgulho de seus clientes.
CITIBANK – Realiza com você.
CITROËN – Você não imagina tudo o que a Citroën pode fazer por você.
CITROËN – Imaginação em tudo.
CLARO – Claro que você tem mais. (2004)
CLARO – A vida na sua mão. (2006)
CLIGHT – Clight, escolha o que dá sabor à vida. (2005, Ogilvy & Mather)
CLOSE UP – Fale de perto com Close Up.
CNA – Inglês. Definitivo.
CNN – Seja o primeiro a saber.
COCA-COLA – A pausa que refresca. (1942)
COCA-COLA – Coca-Cola é isso aí. (1982)
COCA-COLA – Sempre Coca-Cola. (1993)
COCA-COLA – Emoção pra Valer. (1989)
COCA-COLA – Isso é que é.
COCA-COLA – Viva o que é bom.
COCA-COLA – Gostoso é Viver.
COCA-COLA – Curta Coca-Cola. (2000)
COCA-COLA – Viva o lado Coca-Cola da vida. (2006)
COCA-COLA DIET – O sabor de viver em forma.
COCA-COLA LIGHT – Calorias de Menos. Sabor de Mais. (2005)
COFAP – O melhor amigo do carro e do dono do carro.
COLGATE – Sorriso saudável, sorriso Colgate.
CONFETI – Volte à infância com Confeti, o verdadeiro. (2005, Ogilvy & Mather)
CONGA – Ta no Pé, Ta na Moda.
CONGA – O calçado apropriado para a escola e com a sola que não descola. (1961)
CONHAQUE DREHER – Deu duro, tome um Dreher.
CONSUL – Amiga da Gente.
CONSUL – Põe na Consul.
CONSUL – Parte da sua casa. (2007)
COPAG – Tenha Sempre à Mão.
COPEL – Especialista em colchões.
COPPERTONE – A marca da sua pele.
CORISTINA D – Se a gripe te pegou logo ali na esquina, tome Coristina.
COSMOS (relógios) – É só uma questão de tempo.
CREDICARD – O melhor da vida.
CVC – Sonhe com o mundo. A gente leva você.
CVC – A melhor maneira de viajar.
CUECA TRIFIL – Sai a costura. Entra o conforto.
CULTURA INGLESA – Se você gosta mas não entende, você precisa de cultura.
CULTURA INGLESA – O inglês que você nunca esquece.
CURSO DE VESTIBULAR ETAPA – Mais de você em você mesmo.

DAN’ UP – Tome uma atitude que alimenta. Beba Dan’Up .
DANETTE – O creme cremoso da danone. (Almap)
DANONE – Sua dose diária de saúde.
DANONINHO – Vale por um bifinho.

DECA – A louça definitiva.
DELL – É fácil. É Dell.
DEMOCRATA – A Diferença Está nos Detalhes.
DENOREX – Parece mas não é.
DESODORANTE AVANÇO – Com avanço elas avançam.
DHL EXPRESS – Daqui pra lá e de lá pra cá, sem complicação.

DIAMANTE NEGRO – Viver é bom, com diamante negro é melhor. (Lintas)
DIÁRIO DE S. PAULO – Informação que você usa.
DIET COKE – O sabor de viver em forma. (McCann)
DINERS CLUB – Com Diners tudo é possível.

DINERS CLUB – Ter é poder.
DIRECTV – O mundo é seu.
DOLLY GUARANÁ – Dolly, Dolly Guaraná, Dolly Guaraná, o sabor brasileiro.
DORIANA – Os elogios são para você. (1984)
DORIANA – Por um café da manhã mais feliz.
DORIL – Tomou Doril, a dor sumiu.
DORITOS – Você vai ficar maluco por ele.
DROGÃO – Saúde ao seu alcance.
DRY CLEAN – Muito mais que uma lavanderia.
DU LOREN – Você não imagina do que uma Du Loren é capaz.
DUCHAS CORONA – Um banho de alegria, num mundo de água quente.
DULCORA (drops) – O sabor que a gente jamais esquece.
DUMONT – O primeiro a cada segundo. (W/BRASIL)
DURACELL – Mais econômica por hora de uso.

EDITORA ABRIL – Faz parte da sua vida.
ELECTROLUX – Pensando em você. (2006)
ELMA CHIPS – É impossível comer um só.
EMBRATEL – Faz um 21.
EPSON – Imagem sem Limites.
ESPN – Líder Mundial em Esportes.
ESPN BRASIL – Informação é o nosso esporte.
ESTADÃO – A diferença é que o Estadão funciona.
ESTADÃO – É muito mais vida num jornal.
ESTADÃO – O jornal de quem pensa ÃO.
ESTRELA – O amor tem razões que só a estrela conhece. (Better)
ETNA – Design ao seu alcance.
EXTRA HIPERMERCADOS – O hipermercado da família brasileira.
EXTRA HIPERMERCADOS – Mais barato, mais barato. Extra.
EXTRATO DE TOMATO ELEFANTE – O mais amado do Brasil.

FABER-CASTELL – Sua companhia para vida toda.
FANTA – Beba Fanta. Fique Bamboocha. (2005, Ogilvy & Mather)
FAR-WEST (Calças Jeans) – Todo mundo é gente moça quando a calça é Far-west. (1960)
FIAT – Movidos pela Paixão.
FIAT – Siga esta marca. (MPM)
FIAT 147 – Enfim, um carrão pequeno.
FIAT IDEA! – É hora de você ter um.
FIAT PALIO – Tá na hora de rever seus conceitos.
FIAT PALIO – Novo Palio. Impossível ficar indiferente.
FIAT PUNTO – Você no comando. (2007)
FIAT STILLO – Ou você tem, ou você não tem.
FININVEST – Quem disse que não dá? Na Fininvest dá.
FIRESTONE – Máxima segurança em pneus.

FIRESTONE – A vida roda melhor num firestone.
FISK – Evoluir sempre faz a diferença.
FOLHA DE S. PAULO – Um bom jornal todos os dias.
FOLHA DE S. PAULO – Não dá para não ler.
FOLHA DE S. PAULO – De rabo preso com o leitor.
FOLHA DE S. PAULO – O jornal que mais se compra e que nunca se vende. (W/Brasil)
FORD – Desempenho total. (1963)
FORD – Fazendo seu caminho melhor.
FORD – Deixe um Ford Surpreender Você.
FORD – Viva o novo. (2006)
FORD – Um passo a frente. (J. W. Thompson)
FORD RANGER – Você encarando de frente.
FORD TAURUS – Um carro à frente do seu tempo.
FORD (Pick Up) – Raça forte.
FORESTIER (vinho) – O vinho de corpo e alma.
FOTOPTICA – Não troque de cara, troque de ótica.
FRALDAS JOHNSON – Bebê muito mais sequinho por dentro e por fora.
FRAN’S CAFÉ – Estilo e Arte de servir café.
FREE – Pelo menos alguma coisa a gente tem em comum. (Standard)
FREE – Questão de bom censo. (Standard)
FUTURA – O canal do conhecimento.
FX – O que o homem vê.

GAROTO – Qualidade em chocolate.
GATORADE – Com Gatorade você mais longe. (2006)
GATORADE – A sede acaba. Você continua. (2000)
GATORADE – Quem bebe gatorade, Não pede água.
GE – Imaginação em Ação.
GELATINA ROYAL – Abra a Booooooooca é Royal. (JWT)
GILLETTE – A sua melhor imagem.
GILLETTE – O melhor para o homem.
GILLETTE – A primeira faz tchan. A segunda faz tchun e… tchan-tchan-tchan-tchaaan!
GLEID – Criado pela natureza. Colhido por Gleid.
GLOBO – A gente se vê por aqui. (2000)
GLOBO – O que pinta de novo, pinta na tela da Globo.
GLOBO – Globo e você, tudo a ver.
GLOBO NEWS – A vida em tempo real.
GLOBO NEWS – Sempre que for preciso.
GNT – Informação que forma opinião.
GOL – Aqui todo mundo pode voar.
GOL – Linhas aéreas inteligentes.
GOLDEN CROSS – O importante é ter saúde.
GOLDEN CROSS – Uma vida toda com você.
GOLDEN CROSS – Saúde em primeiro lugar.
GOODYEAR – Nas Asas da Goodyear.
GOODYEAR – O importante é chegar bem.
GRADIENTE – O Primeiro Mundo no Brasil.
GRADIENTE – A melhor imagem do melhor som.
GRADIENTE – Carinho para seus ouvidos. (Dpz)
GRANERO – Pensou mudança, pensou Granero.
GRAPETTE – Quem bebe grapette, repete.
GUARANÁ ANTARCTICA – Este é o sabor.
GUARANÁ ANTARCTICA – O Original do Brasil.
GUARANÁ ANTARCTICA – Guaraná Antarctica e você. Ninguém Faz Igual. (2005)
GUARANÁ ANTARCTICA – É o que é. (2007, DM9DDB)
GUARANÁ ANTARCTICA ICE – O guaraná que gela a goela. (2007, DM9DDB)
GUARANÁ KUAT – Abra a Kbeça. (2003)
GUARANÁ TAÍ – Gostoso com um beijo. (DPZ)
GUMEX – Duralex, sedlex, nos cabelos só Gumex.

HÄAGEN-DAZS – O mundo se derrete por ele.
HALLS – Ação refrescante.
HAVAIANAS – As Legítimas.
HAVAIANAS – Todo Mundo Usa.
HAVAIANAS – Legítimas só Havaianas.
HAVAIANAS – Não deforma, não tem cheiro, não solta as tiras.
HAVOLINE – O bom-bom da texaco. Bom de gasolina. Bom de álcool. (Standard)
HBO – Não é TV, é HBO.
HELLMANN’S – A verdadeira maionese.
HERING – Eu uso Hering desde sempre.
HERING – O básico do Brasil.
HIPERMERCADOS BIG – Campeão de preços baixos.
HIPOGLÓS – Proteção e carinho à flor da pele.
HONDA (MOTOCICLETAS) – Asas da Liberdade.
HONDA (CIVIC) – Deixe a pessoa que você era para trás. New Civic – Restart.
HONDA (CIVIC) – Além de tudo, é lindo.
HOPE (calcinhas) – Um sonho de calcinha .
HOPE (calcinhas) – A calcinha que mexe com a cabeça dos homens.
HOPI HARI – O País mais divertido do mundo.
HOPI HARI – A Emoção da Descoberta.
HP – Finalmente o computador ficou pessoal.
HSBC – Pode entrar que o mundo é seu.
HSBC – Seu mundo de serviços financeiros.
HSBC – No Brasil e no Mundo.

IG – O mundo é de quem faz.
INTELIG – Saia da rotina, ligue 23.
IPIRANGA – É Ipiranga por preço de comum.
IPIRANGA – Apaixonados por carro como todo brasileiro.
ITAMBÉ – O melhor do leite para sua família.
ITAÚ – Feito Para Você.
ITAÚ – O Itaú está onde você precisa. (DPZ)
ITAÚ – Seu banco na era digital.
ITAÚ – Quem pensa, tem!
ITAÚ PERSONALITÉ – Perfeito para você.
ITAÚCARD– Só ele tem um Itaú de vantagens.
ITAUTEC – De olho no futuro.

JEEP – Só Existe Um.
JOHNSON & JOHNSON – A vida inteira com você.
JONTEX – O Mais Seguro.
JONTEX – Não tem contra-indicações.
JORNAL DO BRASIL – O jornal que esclarece o Brasil.
JORNAL DA TARDE – JT, informação sem complicação. (2006, Leo Burnett)

KAISER – A cerveja nota 10. (1998)
KAISER – Uma Grande Cerveja. (DPZ)
KASINSKI (motocicletas) – Arte em motos.
KELLOGG’S – O melhor para você em cada manhã.
KELLOGG’S – Um bom dia começa com a ernegia.
KELLOGG’S (sucrilhos) – Desperte o tigre em você. (J. W. Thompson)
KIA MOTORS – O poder de surpreender.
KIBON – É Gostoso e Faz Bem.
KIBON – Isso sim é diversão!
KIBON – O alimento disfarçado de sorvete. (Young e Rubican)
KITKAT – Faça uma pausa com KitKat.
KNORR – Knorr é melhor. (Leo Burnett)
KODAK – Compartilhe Momentos. Compartilhe a Vida.
KOLYNOS – Kolynos de bem com a vida.
KOLYNOS – Alivio refrescante. Ah!
KOPENHAGEN – Os Mais Finos Chocolates.
KRI (chocolate) – O chocolate do barulho. (Norton)

LA BASQUE – O Melhor Sorvete Que Existe.
LACTA – Lacta, pequenos momentos de grande felicidade.
LACTA – Tá na boca da gente.
LACTA – Mais sabor na sua páscoa.
LACTA – Onde a Lacta bota ovos, a Páscoa fica muito mais gostosa.
LANCE – O diário dos esportes.
LANCENET – O campeão da rede.
LUFTAL – Contra os gases, use o original.
LEE JEANS – Não é a Lee que é diferente, as outras é que são iguais.
LEGO – Todo dia uma nova brincadeira.
LEITE MOÇA – Você faz maravilhas com leite moça.
LEITE MOÇA – As Maravilhas de Sempre.
LEROY MERLIN – Espírito Construtivo.
LEVI’S – Uma idéia comprada desde 1850.
LISTERINE – Boca limpa de verdade.
LIVRARIA CULTURA – Ler para ser.
LIVRARIA SICILIANO – Ler ou não ser.
LIZA (Óleo) – Ingrediente obrigatório em sua receita.
LOCALIZA NATIONAL (locadora automóveis) – Sinal verde para você alugar um carro.
LOJAS AMERICANAS – Grandes marcas, preços baixos, todos os dias.
LOJAS MARISA – De mulher para mulher, Marisa.
LOJAS RENNER – Você tem o seu estilo. A Renner tem todos.
LUBRAX – Nosso óleo, nossa terra, nossa gente. (Almap)
LUPO – A meia da loba. (Talent)
LUSITANA – O mundo gira e a Lusitana roda.
LUX – O Sabonete das Estrelas.
LUX – Nove em cada dez estrelas usam Lux.
LUX – Suavidade para toda família.
LYCRA – Se tem, Cai bem.
LYCRA – Nada se move como Lycra.

M&M`S – É o chocolate que derrete na sua boca e não na sua mão.
MAGGI – O caldo nobre da galinha azul.
MALAGUEÑA (azeite) – Acerte na lata.
MALAGUEÑA (azeitona) – O resto é caroço.
MALHAS MALAWEE – Gostosa como um abraço.

MANAH – Com Manah, adubando dá.
MANDIC – A Internet em Pessoa.
MARABRAZ – Preço menor ninguém faz.
MARLBORO – Venha para onde está o sabor. Venha para o mundo de Marlboro.
MASH – A cueca que ‘mexe’ com você.
MASTERCARD – Existem coisas que o dinheiro não compra. Para todas as outras existe Mastercard.
MATE LEÃO – Use e abuse.
MATOX – A ultima refeição das baratas.
MAZOLA (Óleo) – Vida saudável pede Mazola.
MCDONALD’S – Este é o momento, que gostoso que é, MacDonald’s.
MCDONALD’S – Gostoso como a vida dever ser.
MCDONALD’S – Amo Muito Tudo Isso. (2003)
MELHORAL – Para você ficar legal, tome Melhoral.
MELHORAL – Melhoral, Melhoral, é melhor e não faz mal.
MELHORAL – Contra dor não tem igual.
MELITTA – Tudo por um bom café.
MELISSA – Melissa, o plástico na sua forma mais sedutora. (2003)
MERCEDES-BENZ – O Futuro do Automóvel.
MESBLA – O melhor pra você.
MESBLA – Prazer em servir.
MICROSOFT – Seu Potencial. Nossa Inspiração.
MILA – A Margarina que veio do milho.
MILKA – A mais tenra tentação.
MITUSBISHI PAJERO – O Mundo é 4×4.
MMARTAN – A moda que veste a sua casa.
MON BIJOU – Me aperta, me cheira, me chama de Mon Bijou.
MORTADELA MARBA – A melhor fatia do mercado.
MSN – É melhor com a borboleta.

NATIONAL GEOGRAPHIC CHANNEL – Você nem imagina.
NATIONAL GEOGRAPHIC CHANNEL – Você assiste antes no National Geographic Channel.

NATU NOBILIS – O mais escocês dos brasileiros.
NATURA – Bem Estar Bem.
NEGRESCO (bolacha) – Justifica Tudo.
NESCAFÉ – Bons momentos pedem um bom café.
NESCAFÉ – Nescafé é mais café.
NESCAU – Nescau, gostoso como uma tarde no circo.
NESCAU – Energia que dá gosto.
NESTLÉ – Nestlé faz bem.
NESTLÉ – Nossa vida tem você.
NESTON – Existem mil maneiras de preparar Neston, invente uma!
NET – O mundo é dos NETs.
NET – Sempre um bom programa.
NEUTROX II (Xampu) – O salva-vidas do seu cabelo.
NEXTEL – Direto. Esse é o nosso jeito.
NINHO FASES – Preparando seu filho para a vida.

NISSAN SENTRA – O sedã que veio para mudar o sedã.
NISSIN MIOJO – Nada é igual a Nissin. Porque só a Nissin é o verdadeiro miojo.
NOKIA – O mundo todo só fala nele.

NOKIA – Fala por você.
NOSSA CAIXA – Mais que um banco. O Nosso Banco. (2006)
NUGGET – Vida longa para seus sapatos.

O BOTICÁRIO – Você pode ser o que quiser. (2005)
O BOTICÁRIO – Frascos de natureza.
O BOTICÁRIO – Natural do Brasil.
O GLOBO – Faz diferença.
O.B. – Faz parte da sua natureza.
O.B. – A proteção total da mulher. (DPZ)
O.B. – A liberdade de ser você.
OI – Simples assim.
OLD EIGHT – O bom uísque se conhece no dia seguinte.
OLLA PRESERVATIVO – Faça do jeito certo. Faça com Olla.
OLYMPIKUS – Invente seu jogo.
OMINO – Você entra e fica à vontade.
OMO – Porque se sujar faz bem. (2003)
OMO – Só OMO lava mais branco.
OMO – OMO faz, OMO mostra.
OMO – Melhor que OMO só OMO.
OMO – Dá o branco total radiante.
ORAL B – A marca mais respeitada pelos dentistas.
ORLOFF – Pense em você amanhã, exija Orloff hoje.
ORLOFF – Eu sou você amanhã.
ORTOPÉ – Ortopé, ortopé. Tão bonitinho.
OSRAM – A marca da luz.
OUTBACK STEAKHOUSE – Explore este sabor.

PALMOLIVE (xampu) – Cabelos bonitos naturalmente.
PANASONIC – Marca mundial de confiança.
PÃO DE AÇÚCAR – Do jeito que você quer, do jeito que você gosta.

PÃO DE AÇÚCAR – Lugar de gente feliz.
PAÕ DE AÇÚCAR – O melhor não custa mais.
PÃO DE AÇÚCAR – No Pão de Açúcar é melhor e não custa mais.
PARMALAT – Porque nós somos mamíferos.
PARMALAT LEITE – O melhor de A a Z.
PARKER (caneta) – Uma Parker se reconhece nos detalhes.
PASTILHAS VALDA – O alívio para sua garganta. (1939)
PASTILHA VICK – Diga adeus ao bichinho do rrhan-rhan.
PEDIGREE – Cachorro é tudo de bom.
PENALTY – Marca de profissional.
PENALTY – Patrocinadora oficial do seu jogo. (2007)
PEPSI – O sabor da nova geração.
PEPSI – O sabor de vencer.
PEPSI – Arrisque mais. Viva mais.
PEPSI TWIST – Todo o sabor de Pepsi com um toque de limão.
PERDIGÃO – O nosso maior segredo é você.
PERDIGÃO – Lacta, pequenos momentos de grande felicidade.
PERFEX – O braço direito da dona de casa. (Lintas)
PERSONAL (papel higiênico) – O branquinho macio.
PETROBRÁS – O desafio é a nossa energia.
PETTYBON – O macarrão da mama.
PETTYBON – Quem troca por pettybon, não troca por nada.
PEUGEOT – Dirija esse prazer.
PEUGEOT – Para que o automóvel seja sempre um prazer.
PEUGEOT – Peugeot. Emoção em movimento.
PEUGEOT 307 – Até o que já é perfeito pode ficar melhor.
PFIZER – Trabalhamos pela vida.
PHEBO – Um banho de sabonete.
PHILCO – Tem coisas que só a Philco faz pra você.
PHILIPS – Fazendo sempre melhor.
PIRASSUNUNGA 51 – Uma boa idéia.
PIRELLI – Potência não é nada sem controle.
PLAYBOY – As melhores coisas da vida.
PLAYCENTER – Viva esta emoção.
PONTO FRIO – Você pode comprar melhor.
POOL – Você Veste. Elas Atacam.
PROSDÓCIMO – A qualidade que a vida merece.
PULLMAN – Os melhores pedaços do dia.

QUAKER – Sua vida com mais vida.
QUIK – Faz do leite uma alegria.

RÁDIO BAND NEWS – Em 20 minutos, tudo pode mudar.
RÁDIO BANDEIRANTES – A rádio que briga por você.
RÁDIO CBN – A rádio que toca notícias.
RAINHA – Esporte é Prazer.
RAINHA – Pratique esta marca.
RAINHA – Você só tem um corpo. Cuide bem dele.
RAYBAN – Atrás de um Ray-Ban, sempre tem um nome famoso.
RAYOVAC – A pilha do gato.
RED BULL – Red Bull Te Dá Asas.
REDE BANDEIRANTES – Prazer em ver, Band. (2005)
REDE RECORD – A caminho da liderança.
REDE RECORD – Aqui, o espetáculo é a vida. (2003)
REDE TV – A rede que mais cresce no Brasil.
RENAULT – Criador de Automóveis.
RENAULT – Não se contente com pouco. Quem tem Renault tem mais carro.
REPÓRTER ESSO – O primeiro a dar as últimas.
RESPRIN – Atchim? Resprin.
RESTAURANTE FASANO – Atual, desde 1902.
REVISTA CASA CLAUDIA – A revista para você morar bem.
REVISTA CLAUDIA – Independente, sem deixar de ser mulher.
REVISTA CONTIGO – A Revista que Conta.
REVISTA ÉPOCA – Todos os lados da notícia.
REVISTA ISTOÉ – Independente.
REVISTA ISTO É DINEHRIO – A revista semanal de negócios.

REVISTA MANCHETE – Aconteceu, virou manchete.
REVISTA PLACAR – Futebol, Sexo e Rock & Roll.
REVISTA PLACAR – Quem ama futebol não vive sem Placar.
REVISTA QUATRO RODAS – Uso obrigatório.

REVISTA SUPERINTERESSANTE – Quem lê é.
REVISTA VEJA – VEJA, indispensável para o país que queremos ser. (2009)
REVISTA VEJA – Quem lê Veja entende os dois lados. (2004)
REVISTA VEJA – Indispensável. (1998)
REXONA – Com Rexona sempre cabe mais um.
REXONA – Sempre cabe mais um quando se usa Rexona. (Lintas)
REXONA – Rexona não te abandona, nunca.
RHODIASOL – O inseticida que não brinca em serviço.
RIACHUELO – Riachuelo faz seu estilo.
RIACHUELO – Passar na Riachuelo faz toda a diferença.
RIACHUELO – Você não sabia que podia tanto. (2008)
ROLEX – Só chega à perfeição quem pratica a perfeição.
RUFFLES – A Batata da Onda.

SABESP – Eficiência em cada gota.
SABÃO EM PÓ ACE – Ah, se todo branco fosse assim.
SABÃO EM PÓ CAMPEIRO – Lava mais, por muito menos.
SABONETE GESSY – Perfumado até o fim! Embeleza a cútis! Dura muito mais!
SADIA – S de saudável, S de Sadia.
SADIA – Para uma vida mais gostosa.
SADIA – Com amor a vida é mais Sadia.

SAGATIBA – A cachaça além da cachaça.
SAL CISNE – A pitadinha que faz a diferença.
SAL DE FRUTA ENO – O bem estar instantâneo.
SAMELLO – Não pise em falso. Docksiders é Samello.
SANDÁLIAS IPANEMA – As anatômicas só a Ipanema tem. (2007)
SANDÁLIA SAMOA – Ponha seu pé numa boa. (J. W. Thompson)
SAMSUNG – Com Samsung, não é tão difícil imaginar. (2005)
SANTANDER BANESPA – Inovando para você crescer.
SANTANDER – O valor das idéias.
SBP – Terrível contra os insetos. Contra os insetos.
SBT – Na nossa frente, só você.
SBT – Quem procura acha aqui.
SBT – Liderança absoluta do segundo lugar. (W/BRASIL)
SEAT – O europeu de sangue quente.

SEBRAE – Parceiro dos brasileiros.
SEDA – Liberte toda a beleza dos seus cabelos. (1968)
SEDEX – Mandou, Chegou.
SEIKO – Escolha na hora certa.
SEMP TOSHIBA – Nosso negócio é diversão.
SEMP TOSHIBA – Os nossos japoneses são mais criativos que os japoneses dos outros.
SEMPRE LIVRE – Proteção em todos os sentidos.
SENAC – A estação do saber.
SHELL – Líder mundial em lubrificantes.
SHELL – Sempre em movimento.
SHOPPING CENTER NORTE – O shopping da família.
SHOPPING IGUATEMI – Sua vida passa por aqui.
SKOL – A cerveja que desce redondo.
SKOL – Skol. Tá na roda? Tá redondo.
SKY TV – A TV sem limites.
SKY TV – A maior invenção da TV desde a invenção da TV.

SKY TV – TV é isso.
SONHO DE VALSA – O amor tem esse sabor.
SONY ENTERTAINMENT TELEVISION – 100% ATITUDE.
SONY VAIO – Projetado para viajar.

SPORTV – O canal campeão.
SPRITE – Imagem não é nada. Sede é tudo. Obedeça sua sede.
SPRITE – Sede não é nada, imagem é tudo.
SPRITE – As coisas como são. (2007)
STELLA ARTOIS – Valor Inestimável.
SUBMARINO – A gente vai mais fundo.
SUBMARINO – Pode imaginar. Aqui tem.
SUFLAIR – Você se desmancha por ele.

SUFLAIR – O chocolate diferente.
SUKITA – Quem bebe Sukita não engole qualquer coisa.
SUKITA – A laranja da Brahma.
SUNDOWN – O sol na medida certa.
SUNDOWN – Ou você pega o sol ou o sol pega você. (DPZ)
SUVINIL – Para não pintar arrependimento, acerte na lata.
SUVINIL – A melhor tinta do Brasil.
SUZUKI – Eu levo a vida num Suzuki.
SCHWEPPES – Pura ou com amigos. Mas sempre em grande estilo.

TAM – Um estilo de voar.
TAM – Você nasceu para voar.

TECHNOS- O suíço mais pontual do mundo. (Standard)
TECNISA – Mais construtora por m².

TELECINE – O Melhor do Cinema.
TELECINE – Isto é Cinema.

TELEFONICA – Super 15, o herói do seu bolso.
TEMPERO SAZON – Quem ama usa.
TEMPERO SAZON – Só o amor tem este sabor.
TERRA – Qual é a sua? (2005)
TERRA – A Internet mais sua do que nunca.
TETRA PAK – Protege o que é bom.
TETRA PAK – Mais que a embalagem.

TEXACO – Tecnologia de cinco pontas.
THE HISTORY CHANNEL – Onde o passado se torna presente.
TIC TAC – Sabor e Refrescância em menos de 2 Kal.
TIGRE – Quem faz com Tigre faz para sempre.
TIGRE – Inovando para construir melhor. (2003, Talent)
TILIBRA – Do jeito que você pensa.
TIM – Viver Sem Fronteiras.
TINTAS CORAL – Mudar faz parte da vida.
TODDY – O Chocolate que liga.
TODDY – Sabor que alimenta .
TODDYNHO – O seu companheiro de aventuras.
TOPPER – A marca oficial do brasileiro.
TOPPER – Futebol é coisa séria.
TOSTINES – Fresquinho porque vende mais. Vende mais porque é fresquinho.
TOYOTA COROLLA – Meu carro é número 1. Corolla: paixão mundial.
TRANSBRASIL – Brasil é com a gente.
TRIDENT – Protege os dentes. Sorria, É Trident.

TRY ON – Pra quem faz esporte só por esporte.
TV CULTURA – Mais que televisão, é Cultura. (2006)

ULTRAGAZ – Semana Sim, Semana não, Ultragaz no seu portão?
UNIÃO (açúcar) -Fazendo sua vida mais doce.
UNIBANCO – Nem Parece Banco. (F/Nazca Saatchi & Saatchi, 2005)
UNIBANCO – Bancando seus sonhos.
UNIBANCO – O banco único.
UNIBANCO – O único 30 horas com você.
UNIBANCO – Você poupa dinheiro e esbanja inteligência. (W/Brasil)
UNIDAS (aluguel de carro) – Os melhores quilômetros de sua vida.
UNINOVE – A Uninove é 10!
UOL – O Melhor Conteúdo.
US TOP – O mundo trata melhor quem se veste bem. (Talent)
US TOP – De um jeito ou de outro todo mundo usa. (Talent)

VALISÉRE – Se eu fosse você só usava Valisére.
VALISÉRE – O primeiro Valisère a gente nunca esquece. (W/Brasil)
VALMET – O trator da nossa terra. (Colucci)
VALOR ECONÔMICO – Quanto mais você lê, mais você tem.
VANISH – Confie no rosa, esqueça as manchas.
VARIG – A Pioneira.
VARIG – Acima de tudo, você.
VARIG – Varig, Varig, Varig!
VARIG – É mais que voar.
VARIG – A maneira mais elegante de voar.
VASP – Onde você voa com quem gosta. (Almap)
VASP – Viaje bem, viaje Vasp.
VASP – Tudo para ter você a bordo.
VELHO BARREIRO – Chama o velho que vem coisa boa.

VELHO BARREIRO – Quem toma, sabe. Quem sabe, toma. (Leo Burnett)
VALISÉRE – Se eu fosse você, só usava Valisère.
VALISÉRE – O primeiro sutiã a gente nunca esquece.
VINÓLIA – Uma sensível diferença.
VISA – Porque a vida é agora.
VISA – Em todos os momentos.
VISA – O seu cartão definitivo. (J. W. Thompson)
VISA ELECTRON – Funciona como cheque, só que melhor.
VIVO – É você em primeiro lugar.
VIVO – Sinal de qualidade. (2006)
VITASAY – A marca do vencedor. (Angello Pacheco)
VOLKSWAGEN – Perfeito para sua vida. (Almap BBDO)
VOLKSWAGEN – Você conhece, você confia. (Almap BBDO)
VOLKSWAGEN BORA – O novo carro da sua vida.
VOLKSWAGEN FOX – Compacto para quem vê. Gigante para quem anda.
VOLKSWAGEN GOL – Use sem dó.

VOLKSWAGEN GOLF – Um dos maiores prazeres que você pode ter.
VOLKSWAGEN PARATI – A station mais jovem do país.

VOLKSWAGEN POLO – O mundo inteiro dirige o mesmo carro.

ZORBA – A todo movimento.

WALITA – Faz com carinho.
WALITA – A gente se vira por você.
WALMART – Preço baixo para sempre.
WICKBOLD – O nome do pão.
WICKBOLD – Quem mais entende de pães especiais.
WIZARD – Inglês com liderança.

YAMAHA – Tecnologia sem fronteiras.
YPÊ – Dúvida por quê? Sabão é Ypê.

3M – Inovação.
5 à SEC – Suas roupas em boas mãos.

Fonte: Mundo das Marcas

Marcas: Gillette

22 de maio de 2005 |
A primeira faz tchan, a segunda faz tchun, e tchan, tchan, tchan, tchan! Barba feita com perfeição e rapidez, para alegria dos barbados mundiais. GILLETTE, marca que provocou uma revolução nos processos de retirada de pêlos indesejáveis, se transformou em sinônimo de lâmina de barbear. Alguém duvida disso?
A história
Para entrar no mundo das grandes empresas você precisa ser criativo e audacioso, no mínimo. King Camp Gillette, funcionário da Companhia de Selos de Baltimore, cumpriu parte desses critérios quando inventou o chamado safety razor (barbeador seguro). Em uma manhã quente de 1895, ao fazer a barba, ele simplesmente teve um momento de inspiração e idealizou um aparelho que revolucionou o ato de barbear para sempre. Percebendo que para se barbear, só a ponta da lâmina da navalha era necessária, pensou então em fabricar uma lâmina de aço pequena e descartável. Muito mais prática do que a navalha que ele vivia tendo que levar a um amolador. Era isso, um sistema de barbear de longa durabilidade que utilizasse lâminas descartáveis. O segredo não era propriamente o aparelho, e sim a lâmina, uma camada fina de aço afiada dos dois lados, que poderia ser usada algumas vezes e depois substituída. Os industriais não acreditavam ser possível fazer uma lâmina pequena, de bom corte e barata a ponto de ser jogada fora depois. Com a ajuda de William Nickerson, um engenheiro mecânico de sucesso, formado no Massachusetts Institute of Technology, resolveram os problemas técnicos e superando os problemas de engenharia da época para produzir, em escala industrial, o primeiro aparelho de barbear, não mediram esforços até fundar, em 1901, na cidade de Boston, estado de Massachusetts, a Gillette Safety Razor Company, com um capital de US$ 5 mil, emprestado pelo industrial John Joyce.
Dois anos depois, o produto foi lançado no mercado, com o preço de US$ 5 pelo suporte e de US$ 1 por um pacote de 20 lâminas, vendendo 51 aparelhos e 168 lâminas ao final do primeiro ano. Já em 1904, os números traduziam o sucesso do inovador produto: 90.000 aparelhos e cerca de 12 milhões de lâminas vendidas. Em 15 de novembro deste mesmo ano, sob o número #775,134, estava garantida para King C. Gillette a patente do aparelho de barbear. Em 1905, inicia-se o primeiro processo de produção no exterior, em uma fábrica de acentos para bicicleta, localizada em Paris, visando abastecer a crescente demanda do mercado europeu, além da abertura de um escritório de vendas em Londres. Logo depois, inaugura uma fábrica no Canadá e, em 1908, abre uma filial de vendas na Alemanha. Depois disso, o desafio maior foi mudar os hábitos de barbear vigentes na época. Durante a Primeira Guerra Mundial, um grande passo foi dado nesse sentido, quando a GILLETTE enviou um aparelho de barbear para cada soldado americano, cerca de 3.5 milhões de aparelhos e 36 milhões de lâminas. Assim, muitos deles acabaram adquirindo o hábito de barbear-se em casa, ao invés de irem ao barbeiro. Nesta época, as lâminas eram embaladas uma a uma, em papéis com o retrato e a assinatura de King C. GILLETTE. Ao criar a embalagem assinada pelo inventor e fabricante, a empresa desde cedo conquistou a credibilidade do público. Em 1939, a marca, que já figurava entre as maiores empresas do mundo, começou a patrocinar o esporte. Esta atitude, muito simpática ao público, se mantém até hoje, como, por exemplo, no patrocínio das Copas do Mundo de Futebol.


Na década de 40, a GILLETTE tomou a decisão de diversificar sua atuação no mercado e expandir seus negócios a outras categorias de produtos. Quando a guerra termina, em 1945, uma nova geração de soldados, que tinham aprendido a barbear-se com os aparelhos GILLETTE, voltava para casa. A 1ª Grande Guerra incutiu nos jovens o hábito de se barbearem; a Segunda Guerra Mundial ensinara-lhes a fazê-lo diariamente. Somente em 1952 a empresa adotou o nome The Gillette Company. No Brasil, no ano de 1968, a GILLETTE introduziu o aparelho Techmatic, um revolucionário sistema de carga com fita contínua que possibilitava uma qualidade no barbear significativamente superior ao que existia até então. Seguindo o processo evolutivo, no ano de 1975 a empresa lançou G II, o sistema de barbear com lâminas paralelas e intercambiáveis que foi o maior avanço tecnológico desde o surgimento do aparelho de barbear de lâminas de duplo fio. Os anos se passaram, e diversos aperfeiçoamentos foram sendo introduzidos nos aparelhos e nas lâminas.


A preocupação – no início da década de 90 – do comando da empresa era idealizar e comercializar um produto com margem de lucro maior. Era preciso, então, se criar um produto novo e que tivesse algum apelo para que pudesse ser vendido a um preço mais alto. Mas isso não bastava: o custo do produto teria que ser baixo para a margem poder ser alta. Os dois problemas foram atacados por partes. Primeiramente, nos Estados Unidos e na Inglaterra, foram conduzidas pesquisas (com um investimento muito alto) junto aos então consumidores e potenciais a respeito de que tipo de inovação aquele mercado demandava. Era preciso um produto realmente diferente – talvez uma inovação radical – e a idéia de um aparelho com 3 lâminas foi a escolhida. Até mais do que objetivando uma melhoria no desempenho, a terceira lâmina é uma jogada de marketing da empresa, no sentido em que desperta muita atenção nos consumidores. Foi então que surgiu, em 1998, um campeão de vendas: o GILLETTE MACH3. Da prancheta à fábrica, o desenvolvimento do produto custou US$ 750 milhões. É quase o investimento necessário para a criação de um modelo de automóvel e 3 vezes mais do que o consumido pelo antecessor do Mach3, o Sensor, primeiro barbeador com lâminas flutuantes, que levou 20 anos para chegar ao mercado.


No dia do lançamento do Mach3, o presidente da GILLETTE, Alfred Zeien, foi à Bolsa de Valores de Nova York promover o novo produto. Na abertura do pregão, ele anunciou as qualidades e vantagens do aparelho e ofereceu ao presidente da Bolsa de Valores a oportunidade de se barbear com o Mach3. Este último, um senhor tipicamente barbudo, aceitou a oferta, pediu licença e se retirou do salão. Voltou alguns minutos mais tarde, sem a barba, com o rosto completamente limpo, falando maravilhas do aparelho e afirmando “nunca ter visto nada parecido”. Nesse momento, as ações da GILLETTE na Bolsa de Nova York subiram por volta de 6%. A GILLETTE destinou uma verba de US$ 300 milhões para a campanha de divulgação do novo barbeador no primeiro ano de seu lançamento. O objetivo foi convencer o consumidor a gastar 35% a mais do que o modelo anterior na compra do novo produto, que custava – à época do lançamento – cerca de US$ 7 no mercado americano. Com este lançamento, cada vez mais, consolidava-se o reconhecimento da GILLETTE como líder do mercado de lâminas para barbear. A Procter & Gamble comprou a empresa em 2005 por impressionantes US$ 57 bilhões.


A linha do tempo
1916
Introdução do GILLETTE Milady Décolletée, barbeador voltado especificamente para mulher.
1953
O creme para a barba GILLETTE Foamy foi introduzido no mercado, tornando-se um enorme sucesso. A espuma de barbear era rica e densa, lubrificando a pele, tornando o barbear mais rente e suave.
1960
Lançamento do desodorante Right Guard, que rapidamente conquistou 25% do mercado americano.
Inicia-se a comercialização da Super Blue, a primeira lâmina revestida, outro grande sucesso desde o início.
1971
Lançou no mercado o conceito de duas lâminas paralelas no barbeador TRAC II, diminuindo assim a irritação facial ao se fazer à barba.
Outro lançamento deste ano foi o barbeador descartável com duas lâminas chamado GOOD NEWS. Este aparelho podia ser encontrado em três versões: Original, Plus (com fita lubrificante) e Pivot Plus (com fita lubrificante e cabeça móvel).
1977
Lançou no mercado o barbeador GILLETTE ATRA, um novo sistema de barbear de lâminas paralelas de ação móvel, ou seja, onde a cabeça do aparelho tem liberdade para se mover (se inclinar) em relação ao cabo, possibilitando melhor ajuste à superfície do rosto.
1985
Introdução do GILLETTE ATRA PLUS, a versão original com fita lubrificante, que em contato com a água, permitia que a lâmina deslizasse suavemente sobre a pele, tornando ainda mais confortável e seguro o ato de barbear.
1990
Introduziu no mercado o barbeador GILLETTE Sensor, um dos produtos de maior sucesso da empresa e o primeiro a ter um sistema de mola nas lâminas. Foram vendidos 24 milhões de lâminas em menos de um ano. Isto significava, que após 11 meses de lançamento, a cada 4 sistemas de aparelho de barbear nos Estados Unidos, 1 era Sensor. Até meados de 1992, o Sensor já havia sido lançado com sucesso em todos os continentes (mais de 50 países), superando a espetacular marca de 40 milhões de aparelhos vendidos.
1992
Introduziu o Sensor for Women, primeiro produto projetado exclusivamente para o público feminino. Jill Shurtleff, que concebeu o produto, não parou enquanto não conseguiu colocar nas mãos das mulheres um aparelho eficaz e seguro para usar em todas as situações.
● Neste mesmo ano lança a primeira linha de produtos GILLETTE SERIES, composta por desodorante anti-transpirante, gel e creme de barbear, além de duas colônias pós-barba.
1995
Introduziu o Sensor Excel, primeiro barbeador a incluir MicroFins na cabeça do cartucho, uma peça de borracha que levanta o pêlo permitindo um barbear mais rente e com menos irritação. A versão feminina – Sensor Excel for Women – foi introduzida pouco depois.
1
998
O barbeador GILLETTE MACH3 foi introduzido no mercado. As principais características do produto, que fizeram deste um dos maiores sucessos da história da GILLETTE, era o alinhamento progressivo das três lâminas (fatias ultrafinas de carbono, quase da espessura de um fio de cabelo), aliado à nova tecnologia de afiação e ao sistema de pivôs avançados que garantem um barbear mais rente, confortável e com menos irritação. Continha ainda uma fita lubrificante indicadora, que facilitava o deslizar da lâmina sobre a pele e indicava o momento de troca do cartucho. Pouco depois, a versão feminina do MACH 3, chamada GILLETTE Venus, foi lançada no mercado.
2004
Lançamento do GILLETTE MACH3 POWER, versão do modelo original com bateria.
2006
Lançamento do GILLETTE FUSION, que possui um cartucho de cinco lâminas na parte da frente, 30% mais próximas umas das outras do que as do Mach3. Segundo pesquisas, desta maneira, é criada uma “superfície de barbear” que distribui melhor a força empregada, resultando em um barbear mais confortável e que irrita menos a pele. Outra novidade do aparelho é o “Precision Trimmer”, uma lâmina única na parte de trás do cartucho especialmente desenvolvida para aparar costeletas, barbear abaixo do nariz e cortar cabelos nos locais em que é preciso uma boa “pontaria”. A linha também inclui uma versão com bateria que custa US$ 11.99. O Fusion Power é o primeiro barbeador com um microchip “on board”, que tem a função de regular a voltagem e a freqüência dos movimentos das lâminas. Uma luz indicativa avisa quando a pilha (do modelo palito) está acabando e, para economizá-la, o aparelho desliga-se automaticamente após oito minutos de operação, em caso de ativação acidental.


A linha Prestobarba de aparelhos de barbear, mais usada no Brasil, foi lançada no ano de 1977 e até hoje faz parte do dia-a-dia de homens e mulheres. O produto foi o primeiro aparelho de barbear descartável de lâminas paralelas do mercado brasileiro. O aparelho que “a primeira faz Tchan, a segunda faz Tchun e Tchan Tchan Tchan Tchan!” é utilizado por 1 em cada 3 usuários de aparelhos descartáveis no Brasil.


A evolução visual
O logotipo da GILLETTE mudou muito desde 1901, tendo sua última alteração feita em 1991 como podemos ver na imagem abaixo.


Os slogans
Innovation is Gillette.
The best a man can get.
(O melhor que um homem pode alcançar – 1989)
Look sharp, feel sharp. (década de 40)

Dados corporativos
● Origem:
Estados Unidos
● Fundação: 1901
● Fundador: King Camp Gillette
● Sede mundial:
Boston, Massachusetts
● Proprietário da marca:
Procter & Gamble
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman & CEO:
Alan G. Lafley
● Faturamento: US$ 10.5 bilhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Valor da marca: US$ 22.68 bilhões (2008)
● Fábricas:
31
● Presença global: + 200 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários:
29.000
● Segmento:
Higiene e cuidados pessoais
● Principais produtos:
Aparelhos de barbear, cremes de barbear, desodorantes
● Ícones: Os aparelhos descartáveis
● Slogan: The best a man can get.
● Website:
www.gillette.com

O valor
Segundo a consultoria britânica InterBrand, somente a marca GILLETTE está avaliada em US$ 22.68 bilhões, ocupando a posição de número 14 no ranking das marcas mais valiosas do mundo.
=
A marca no mundo
Hoje a GILLETTE é uma das poucas marcas que pode ser considerada global. Além de estar presente em mais de 200 países e territórios, a GILLETTE leva para todos eles um mesmo produto. O MACH3 que você encontra ali na esquina, é o mesmo vendido em qualquer supermercado no Japão. A empresa, que possui faturamento de US$ 10.5 bilhões, emprega aproximadamente 29.000 pessoas no mundo todo e opera 31 fábricas em 14 países. Uma de suas fábricas está localizada na cidade de Manaus, atendendo o mercado local e exportando para as Américas, Europa e Estados Unidos.

Você sabia?
Quase 1 bilhão de pessoas usam um produto GILLETTE todos os dias.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 26/1/2009

Marcas: Ceratti

6 de maio de 2005 |
A mortadela CERATTI é um item de qualidade e sabor dentro de qualquer pão. Seu aroma e sua coloração parecem ser únicos dando água na boca em qualquer mortal, mesmo que este esteja bem alimentado. É por tudo isso, que no Brasil, mortadela de qualidade possui uma única marca: CERATTI.
A história
A história da CERATTI começou em Castelmassa, uma cidade de 6.000 habitantes, às margens do Rio Pó, no norte da Itália. Lá nasceu, em 1897, Giovanni Ceratti. De uma família modesta, terceiro filho de uma prole de quatro, cresceu, estudou e provavelmente nunca teria conhecido o Brasil, se a Itália não tivesse entrado na Primeira Guerra Mundial e sofrido as suas conseqüências. Giovanni era dirigente do Sindicato dos Ferroviários e sentiu que a subida de Mussolini e do Partido Fascista ao poder era o início de uma era de repressão e perseguição política. Havia a possibilidade de terminar na cadeia, cedo ou tarde. Decidiu então vir para São Paulo, no Brasil, onde alguns amigos seus estavam trabalhando. Chegou aqui aos 27 anos de idade, em 1924, e começou a trabalhar em uma marcenaria. Conheceu Inês Saravalli, casaram-se e tiveram um casal de filhos.
Mas o destino não quis que Giovanni tivesse sossego. Inês faleceu ao dar a luz a um terceiro filho, deixando Giovanni viúvo, com duas crianças pequenas. Então, conheceu a família Tosi, comerciantes, apaixonando-se por Gina, a filha caçula. Reuniu suas economias e comprou um terreno na Vila Heliópolis, na periferia da cidade. Giovanni construiu aí sua casa e um pequeno açougue, iniciando assim seu próprio negócio. Seu sogro, vendo as dificuldades por qual passava, o aconselhou: “Por que você não fabrica no seu açougue alguns frios italianos que a gente não encontra aqui?”. E foi assim que nasceu a CERATTI em 1932. Começou a fabricar tradicionais frios italianos como o “cotechino”, “panchetta”, “sopressata” e o “zampone”. Tudo era feito de forma artesanal pelo próprio Giovanni. A colônia italiana que morava em São Paulo, saudosa dos produtos de seu país de origem tornou-se cliente.


A procura por estes frios foi tão grande que em pouco tempo, em 1936, Giovanni abandonava a venda de carne fresca e se dedicava exclusivamente à fabricação de frios e embutidos de primeira linha. O nome CERATTI ficou ligado desde o início à qualidade de seus produtos. Supervisionando pessoalmente a elaboração diária dos produtos, com a ajuda de D. Gina Tosi, Giovanni estava construindo, sem saber, a marca de mortadela mais tradicional do mercado brasileiro. A preocupação com a qualidade e com o cuidado na preparação de seus produtos era tanta que ele optou por manter seu negócio quase artesanal, resistindo a tentação de produzir em grande escala. Surge daí o crescimento da distribuição da CERATTI, fornecendo diretamente para as principais casas de frios da época, primeiramente na região metropolitana de São Paulo, fato que possibilitou o início do reconhecimento da marca pelo imenso público não pertencente à colônia italiana.


Na década de 40 a empresa já possuía uma equipe de vendas própria, atendendo toda a capital e o ABC. A empresa continuou crescendo, e ao longo dos anos 60 e 70 o agora frigorífico sofreu sucessivas reformas para atender a demanda do mercado. A produção que em 1953 era de aproximadamente duas toneladas por dia, passou para quatro toneladas por dia em 1960 e para sete toneladas por dia em 1970. Em 1972, o Frigorífico CERATTI passou a ser fiscalizado pelo Serviço de Inspeção Federal, passando a distribuir seus produtos em todo o território nacional. Na terceira geração, a CERATTI é um exemplo peculiar de empresa brasileira de médio porte, capital familiar e que deu certo.

O ícone
A mortadela foi criada em 1661 na cidade italiana de Bolonha. Mas para os brasileiros, parece ter sido criada na década de 30 pela CERATTI. Para se ter idéia da força da marca, e de sua mortadela é claro, dos 39 box do mercado central de São Paulo que utilizam mortadela para fazer o famoso sanduíche com pão francês, 36 utilizam a iguaria da marca CERATTI. Atualmente a CERATTI produz vários tipos de mortadela: tradicional (mortadela Bologna), com azeitonas, com picles, com pistache, sem gordura, com menos gordura (light), menos picante, e a Bambina (marca mais popular de mortadela da empresa).
Para fabricar a tradicional mortadela CERATTI, o primeiro passo é misturar as carnes, condimentos, aditivos e água. Essa massa é em seguida emulsionada e novamente misturada com o toucinho suíno (a bolinha branca da mortadela), que foi antes cortado em cubos e escaldado. A temperatura da matéria prima, da água, da massa e da emulsão resultante é controlada durante todo o processo. A massa da mortadela pode ser então embutida em tripa de fibra de celulose em vários tamanhos (de 0,5kg até 110kg) ou em bexiga bovina. Para o cozimento, utilizamos estufas de ar quente e seco, com tecnologia italiana. Cada lote de mortadela fica na estufa de 10 a 18 horas, dependendo do diâmetro da peça. O processo de cozimento chega ao fim quando o centro da peça de Mortadela atinge 72o C. Em seguida as peças são resfriadas, primeiro com choque térmico, de água gelada e depois em câmaras frias, até atingirem uma temperatura de 20o C. Após o resfriamento as peças são embaladas a vácuo e acondicionadas em caixas de papelão e estão prontas para serem entregues. O transporte até os clientes é feito com os mesmos cuidados que foram respeitados durante o processo de produção. É importante ressaltar que em nenhum momento a matéria prima ou os produtos tiveram qualquer contato com o ambiente externo. Os mesmos cuidados e a mesma tecnologia são aplicados a todos os produtos CERATTI que chegam até o consumidor.



Outros produtos
Além da tradicional mortadela, a CERATTI porduz ainda uma enorme variedade de embutidos como apresuntado, presunto, pastrami, fiambre, lombo (canadense, condimentado e com ervas finas), bacon, codeguim, panceta tipo italiana (barriga do porco enrolada, defumada e envelhecida com especiarias, principalmente pimenta, cravo e alecrim), zampone (pata de porco cozida e recheada com carne e gordura), lingüiças (toscana, calabresa e de pernil), lagarto cozido defumado, picanha cozida defumada. Além disso, a empresa possui uma linha, chamada Food Service, direcionada especificamente a estabelecimentos comerciais, comercializando produtos como bacon fatiado, presunto em cubos, presunto redondo fatiado e lingüiça calabresa fatiada.




A fábrica
Já na entrada da moderna fábrica da CERATTI, inaugurada em 2005, em Vinhedo (interior de São Paulo), o aroma denuncia que a linha de produção trabalha a todo vapor: são 50 toneladas por dia de embutidos como mortadela, presunto, lingüiça e rosbife que complementam uma linha com 80 itens. E tudo com muita tecnologia e eficiência. O projeto foi desenvolvido respeitando as normas da Comunidade Européia para fábricas de produtos de origem animal. Toda a área de processo é mantida a temperatura constante (15o C) e para acessar a fábrica, todos os funcionários passam por um rigoroso processo de higienização, com lavagem e desinfecção de botas e mãos e uso obrigatório de luvas descartáveis e máscaras.


As carnes bovinas e suínas são adquiridas de frigoríficos exportadores, através de contratos de longo prazo, com entrega em carretas frigoríficadas, em padrão “just-in-time”. Os cortes resfriados já chegam embalados e separados, prontos para utilização. Isso dá grande agilidade no processo, permitindo que a CERATTI mantenha um estoque médio de 4 horas de produção. O recebimento é feito através de docas especiais, que evitam qualquer contato da carga com o meio externo. As carretas e baús são lavados e desinfetados antes do descarregamento, que só acontece se os padrões de temperatura, pH, cor e aspecto das carnes estiverem corretos e não houver avaria na embalagem.



Dentro da fábrica, as carnes são armazenadas em containeres de PVC, com capacidade de 500 kg cada. Todo lote de matéria prima é identificado, assim como todo lote de produção, permitindo facilmente rastrear e identificar qualquer ocorrência. O mesmo processo acontece com condimentos, aditivos e embalagens, que são recebidos em docas separadas. Em área específica, os condimentos e aditivos são preparados e pesados em lotes, conforme a carga de produção diária. A fábrica produz mais de 8.600 toneladas de embutidos anualmente.



Dados corporativos
● Origem:
Brasil
● Fundação:
1932
● Fundador:
Giovanni Ceratti
● Sede mundial: Vinhedo, São Paulo, Brasil
● Proprietário da marca:
Frigorífico Ceratti S.A.
● Capital aberto: Não
● Presidente:
Mário Ceratti
● Faturamento: R$ 90 milhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Fábricas: 1
● Presença no Brasil:
Sim
● Maiores mercados:
São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília
● Funcionários:
150
● Segmento: Alimentos
● Principais produtos:
Mortadela, lingüiça, rosbife, presunto
● Ícones: A mortadela
● Website:
www.ceratti.com.br

A marca no mundo
A CERATTI, que atua na produção e comercialização de alimentos embutidos, frios e resfriados à base de carne bovina (dianteiro) e suína (paleta), emprega atualmente 150 pessoas e vende seus produtos (mais de 80 tipos) em quase todo território nacional. Em sua linha de produtos estão a mortadela, lingüiças frescas, especialidades italianas nacionais e importadas, presuntos, pizzas e pig beef (rosbife). O forte da marca, no Brasil, é o mercado de balcão: a boa padaria, que absorve 80% da sua produção. No segmento de mortadela premium, a marca CERATTI é líder absoluta com mais de 80% do mercado, segundo AC Nielsen. Concorre com a Speciale, da Sadia, a Ouro, da Perdigão, e com as importadas com a Negroni e Fiorucci.

Você sabia?
Embora seja uma marca de controle familiar, a CERATTI tem a reputação de ser administrada de forma transparente, profissionalizada e ética. A empresa jamais esteve envolvida em escândalos de gestão, financeiros ou comerciais.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Exame, Veja, Época Negócios, Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding e Wikipedia (informações devidamente checadas).

Última atualização em 3/2/2009

MARCAS: TICKETMASTER

3 de maio de 2005 |

Quer comprar os melhores lugares para espetáculos e eventos musicais, culturais e esportivos de forma rápida, sem fila e segura? Procure então a TICKETMASTER, maior vendedora de ingressos do mundo, que proporciona a seus clientes entretenimento e diversão com eficiência e bons serviços.

A história
Tudo começou em 1976 quando dois jovens estudantes da Universidade do Arizona, Albert Leffler e Peter Gadwa, juntamente com Gordon Gunn, um experiente homem de negócios, e Charles H. Hamby Jr. fundaram na cidade de Phoenix a TICKETMASTER (em português algo como “Mestre dos Ingressos”) com o objetivo de comercializar ingressos para eventos esportivos, musicais e culturais utilizando um eficiente sistema de computador. Os dois estudantes idealizaram a nova empresa depois de estarem descontentes com a enorme dificuldade em comprar ingressos para espetáculos. A nova empresa estabeleceu sua primeira operação na cidade de Albuquerque no Novo México. Os primeiros ingressos vendidos pela TICKETMASTER foram para a apresentação da Electric Light Orchestra na Universidade do Novo México em 1977.


No ano seguinte a empresa fechou seu primeiro contrato internacional com clientes na cidade de Oslo na Noruega, além de garantir dois grandes contratos para comercialização de ingressos com o estádio Louisiana Superdome em Nova Orleans e o time de basquete profissional da NBA New Orleans Jazz (conhecido atualmente como Utah Jazz). No início da década de 80, a TICKETMASTER assinou contrato com o primeiro cliente canadense, o Centro Nacional de Artes (National Arts Centre) da cidade de Ottawa; além de estabelecer sua primeira operação internacional na Inglaterra em 1981. Pouco depois, em 1983, a empresa conseguiu assinar importantes contratos na cidade de Los Angeles para a comercialização de ingressos de grandes eventos como as apresentações da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, e os jogos de basquete da equipe do L.A. Lakers e de hóquei no gelo do L.A. Kings.


Nos anos seguintes a empresa cresceu rapidamente, especialmente pelo fato de grandes promotores terem dado a exclusividade de vendas de ingressos para a TICKETMASTER. No final desta década, a TICKETMASTER estabeleceu operações no Canadá (1987) e na Austrália (1988). A década seguinte começou com a aquisição da rival Ticketron, que deu a empresa um amplo domínio de mercado. Em 1994 códigos de barras foram introduzidos nos ingressos da equipe de baseball do Cleveland Indians nos jogos realizados no estádio Jacobs Field. Pouco depois, a empresa foi uma das responsáveis pela comercialização dos ingressos para a Copa do Mundo de Futebol nos Estados Unidos, evento que foi um verdadeiro sucesso de público.


Em 1995 a empresa lançou sua página na Internet, que no ano seguinte realizou a primeira venda de ingressos pela Internet para jogos da equipe de baseball do Seattle Mariners. O enorme sucesso da empresa levou a abertura de capital na Bolsa de Valores em 1996. Nos anos seguintes, com a preocupação de facilitar seus clientes e o público, a TICKETMASTER introduziu, em 1998, o primeiro leitor de ingressos sem fio no estádio de Reunion Arena na cidade de Dallas. Nesta época, estabeleceu uma nova operação internacional com o lançamento de seus serviços no México.


Com a chegada do novo milênio, a empresa colocou a disposição de seus clientes mais um serviço que visava a comodidade na hora de adquirir um ingresso: TicketFast®, um serviço de entrega a domicílio, que estreou em Los Angeles no Staples Center. Pouco depois, em 2001, a TICKETMASTER estabeleceu operações na América do Sul com o lançamento de seus serviços no Chile, Argentina e Brasil. Nos anos seguintes a TICKETMASTER ingressou em novos mercados, lançando seus serviços na Alemanha, Espanha, China e Turquia. Além disso, introduziu novos serviços como o TicketmasterArts, especificamente desenvolvido e criado para o mercado das artes.


Recentemente, a TICKETMASTER, maior vendedora online de ingressos do mundo, e a Live Nation, maior promotora de shows no planeta – e responsável por uma venda de 45 milhões de ingressos por ano -, anunciaram uma gigantesca fusão. A operação, avaliada em US$ 2.5 bilhões, foi recebida com grande preocupação pela imprensa e profissionais do ramo, pois para muitos isso representará um verdadeiro monopólio destas empresas na venda de ingressos e promoção de artistas, eventos e shows em todo o mundo. Atualmente a TICKETMASTER tem diversas formas de atuação na vendas de ingressos: via Internet, via telefone e bilheterias, em pontos cadastrados.


A evolução visual
O logotipo da marca TICKETMASTER passou por pequenas modificações ao longo dos anos. A última ocorreu há mais de uma década quando o novo logo ganhou um visual mais dinâmico e moderno.


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Fundação: 1976
● Fundador:
Albert Leffler, Peter Gadwa, Gordon Gunn e Charles H. Hamby Jr.
● Sede mundial: West Hollywood, California
● Proprietário da marca:
Live Nation Entertainment, Inc.
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman: Terry Barnes
● CEO:
Irving Azoff
● Faturamento: US$ 1.49 bilhões (2009)
● Lucro: US$ 96.1 milhões (2009)
● Pontos de venda:
+ 7.100
● Presença global:
20 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Funcionários:
6.600
● Segmento: Entretenimento ao vivo
● Principais produtos:
Venda e distribuição de ingressos
● Website:
www.ticketmaster.com

A marca no mundo
A TICKETMASTER, que opera em 20 grandes mercados mundiais (incluindo Estados Unidos, Inglaterra, Brasil, Canadá), vende e distribuí anualmente mais de 141 milhões de ingressos para eventos e espetáculos musicais, esportivos e culturais através da Internet, telefone e mais de 7.100 pontos de venda credenciados. A empresa possui uma infra-estrutura invejável que inclui 19 call-centers e mais de 6.600 funcionários. Calcula-se que a TICKETMASTER venda mais de 80% dos ingressos nas maiores casas de shows e estádios dos Estados Unidos.

Você sabia?
A TICKETMASTER serve mais de 10.000 clientes em vários segmentos de eventos, como arenas, estádios esportivos, museus, cinemas, teatros e ligas esportivas no mundo inteiro.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 10/4/2010

Leia mais: http://www.mundodasmarcas.blogspot.com

Gestão de Merchandising e Trade Marketing no PDV

18 de fevereiro de 2005 |

Consultoria em Trade Marketing e Merchandising (i-PDV Specialist)
Com 8 anos no mercado e profissionais com mais de 15 anos de experiência a equipe da MDM Brasil segue como uma das poucos agências no Mundo com foco 360º no Ponto de Venda, sendo ele ativo ou passivo (com ou sem ações promocionais).
Quando falamos em BTL temos que lembrar que 85% das decisões de compra são feitas no PDV e é onde estão se formando as grandes linhas de batalha. Onde antes tínhamos as divisões no mercado publicitário ATL (Above the line)e BTL Below the line hoje temos uma unificação da comunicação o que chamamos de TTL (True the line), isso indica que a mídia nos dias de hoje se preocupa muito mais com a comunicação no PDV do que antigamente, fazendo com que o consumidor se atraia somente pelas campanhas inteligentes e sacadas no ato da compra.
Criação de Materiais Inteligentes no Ponto de Venda (i-PDV)

A MDM Brasil possui uma equipe com profissionais especializados no desenvolvimento, pré-produção (protótipos e mock-ups) e no acompanhamento da produção de materiais de merchandising para Pontos de Venda. Aqui na agência um projeto não começa com a necessidade do cliente e sim do Shopper, criando um fluxo de informações muito mais dinâmico e inteligente. Aliando uma experiência de 15 anos no mercado promocional e a união do desenvolvimento e a produção dos materiais juntamente com a gestão destes processos, nossos clientes contam com economia, cumprimento de prazos, qualidade, e resultados. É 100% no comprometimento de uma ação de sucesso.

Relógio de parede Promocional, desenvolvido para Bunge Alimentos em material reciclado para campanha Bunge Pro.
Display de Chão construido em arame desenvolvido pela Agência MDM Brasil para Ajinomoto onde o formato das laterais possuem o apelo do ícone da marca Sazon que é o coração (exposição com preocupação em conceito e Branding).

Exemplo de materiais Promocionais para PDV

Displays (madeira, termoformados, injetados, acrílicos, arame etc);
Balcões Promocionais Especiais ou desmontáveis;
Bandejas para degustação ou demonstração;
Coolers Promocionais;
Faixas de Gôndola;
Stoppers e divisores de categoria;
Mobiles;
Broadsides;
Wooblers;
Stoppers;
Tira strip;
Precificadores;
Totens;
Topos de ilha;
Ilhas;
Pontas de Gôndola;
Janelas de Gôndola, etc.

Exemplo de Material de Ponto de Venda ” Cartazete Icetea” (Primeiro produto desenvolvido em conjunto Leão Jr e Coca Cola depois da fusão) material totalmente desenvolvido em computação gráfica com 3D das embalagens e ilustrações do fundo criados pela MDM Brasil


Trade Marketing – Gestão do Ponto-de-venda (i-PDV)
As empresas varejistas enfrentam diversas dificuldades no mercado. Para auxiliá-las a identificar e atender as necessidades dos seus mercados-alvo, assim como a se tornarem mais competitivas no mercado, a MDM BRASIL COMUNICAÇÃO auxilia os seus clientes na gestão do ponto-de-venda.
A metodologia da MDM BRASIL foi desenvolvida para ajudar a definir a melhor estratégia competitiva para o ponto-de-venda de forma integrada frente à linha de produtos, preços, disponibilidade de bens, comportamento de compra do consumidor, marcas, estoques, divulgação e outras variáveis que afetam os resultados do segmento varejista.
Visa-se, portanto, aumentar a rentabilidade e vendas das empresas, além de ajudar a fortalecer marcas e promover a fidelização de clientes.

Projeto Imobiliário de Trade Marketing para Mac Contrutora

Nossa prática de Gestão do Ponto-de-Venda (i-PDV) tem como foco os seguintes trabalhos:

* Análise do canal de venda;
* Análise do ponto-de-venda da concorrência;
* Análise do comportamento do consumidor no ponto-de-venda;
* Formulação do plano de divulgação, promoções e merchandising no ponto-de-venda;
* Formulação do plano de ação;
* Criação e desenvolvimento de materiais de merchandising para o ponto-de-venda.

Contate a MDM Brasil e agende uma visita.
(011) 4427.6373

Sobre o Autor: Renato Santhinon

18 de janeiro de 2005 |


  • Idade: 34
  • Sexo: Masculino
  • Signo astrológico: Capricórnio
  • Ano do zodíaco: Coelho
  • Atividade: Merchandising, Varejo, PDV
  • Profissão: Publicitário
  • Local: São Paulo / Brasil
  • Contato: renatosantinon@gmail.com

Quem é o Blogger:

Publicitário, Triathleta, Curioso incansável, Apple Maníaco, Dedicado ao que gosta e a quem ama, Vendedor nato, Especialista e Consultor em Merchandising com foco em PDV e Trade Marketing.

Livros favoritos:

  • A Estratégia do Oceano Azul
  • O Marketing na Era do Nexo
  • Merchandising no Ponto de Venda (Regina Blessa)